LPB

Heshimu Evans: “Sinto que ainda posso ser muito valioso para uma equipa (…)”

É sem dúvida alguma um dos jogadores mais marcantes da última década do Basquetebol Nacional e um dos maiores talentos a passar por Portugal. Agora, com 43 anos, quer voltar a um País que tão bem conhece para fazer aquilo que mais gosta, jogar basquetebol ao mais alto nível.
Falamos com Heshimu Evans sobre o seu regresso ao activo e, como não poderia deixar de ser, quisemos saber em que forma se encontra o jogador formado na Universidade de Kentucky. Depois de 14 anos de carreira profissional em Portugal, Angola, Espanha, França e Japão, Heshimu Evans quer regressar para uma última época!

1) Durante os últimos anos viajaste pelos mundo, inclusive pela Índia a ajudar a NBA a promover o Basquetebol, agora voltaste a casa, a Kentucky. Como é a vida depois do Basquetebol?

A vida depois do Basquetebol permitiu-me saber mais de mim próprio e sobre quem sou.

Over the last couple of years you’ve travelled around the world, first in India helping the NBA promoting basketball, now you’re back home in Kentucky. How it is the life after basketball?

Life after basketball has allowed me to learn more about myself and who I am.

2) Aos 43 anos, depois de mais de uma década de Basquetebol profissional, qual é a tua motivação para voltar a jogar? Ainda sentes que podes ser valioso?

O Basquetebol corre-me nas veias. Sempre que acordo e me deito sinto uma comichão que insiste em não ir embora. Essa comichão é a vontade de voltar a jogar Basquetebol profissional. Sinto que posso ser valioso para uma equipa porque depois de 14 anos ao mais alto-nível continuei a aprender mais sobre o jogo.

At 43 years old, after more than a decade of professional basketball around the world, what is your motivation to return to the court? Do you still feel that you can be valuable?

Basketball runs through my veins. Every day I wake up and go to sleep, I have this itch that just refuses to go away. That itch would be to play the game of basketball on a professional level. I feel that I can be very valuable to a team because after playing professional basketball for 14 years, I continue to learn more about the game.

Heshimu também conquistou a LPB ao serviço da A.D. Ovarense.

3) És conhecido por ser muito forte em situações de 1×1 e pelas tuas habilidades defensivas. Em que outras áreas do jogo é que achas que podes contribuir uma equipa?

Tenho uma visão de jogo impecável e melhorei drasticamente a minha habilidade para lançar. A minha liderança sempre foi uma boa qualidade que tive assim como o espírito competitivo.

You’re known for being strong in 1 on 1 situations and by your defensive skills, in which other areas of the game do you think you can still help a team?

I have impeccable court vision and I improved my shooting ability drastically. Leadership has always been a great quality of mine as well as relentless competiveness.

4) Quando te retiraste do Basquetebol profissional a tua rotina mudou por completo. Como é que mantiveste a forma física?

Esta questão é muito importante para mim porque tecnicamente nunca me retirei do Basquetebol profissional desde que deixei o Benfica em 2013. Não há propriamente um plano que me manteve em forma. No entanto, mudar os meus hábitos alimentares e treinar consistentemente ajudou-me a estar em forma para jogar aos 43 anos.

When you retired from pro basketball your routine completely changed. How do you have been keeping up the shape?

This question is very important to me because technically I have never retired from professional basketball since finishing up with Benfica in 2013. There’s no correct blueprint that has kept me in shape. However, changing my eating habits and consistent training has allowed me to be in playing shape at 43 years young.

5) Para além do título da NCAA conquistado ao serviço dos (Kentucky) Wildcats em 1998, conquistaste 6 títulos de Campeão Nacional, 4 Supertaças e duas Taças de Portugal. Ainda continuas com fome de títulos?

Sempre tive a fome de ser o melhor em tudo aquilo que me focava. Se me derem a oportunidade de jogar novamente por uma equipa profissional em Portugal independentemente do prognóstico da pré-epoca, o meu objetivo vai ser conquistar o campeonato. Por exemplo, ao jogar pela minha primeira equipa em Portugal, o Illiabum, era esperado que ficássemos em último. A minha equipa e eu pensávamos de forma diferente e acabamos o ano no 2º lugar.

Apart of the NCAA championship that you won with the Wildcats in 1998, you’ve conquered six LPB championships, four Supercups and two Cups, here in Portugal. Do you continue with the same “hunger” for titles?

I will always have the hunger to be the best in everything that I put my mind to. If given the opportunity to play for a pro team in Portugal regardless of the preseason prediction, my goal would be to win the championship. For example, playing for my first team Illiabum, we were predicted to be in last place. My team and I felt otherwise and catapulted to 2nd place.

6) Viveste alguns dos melhores anos da tua carreira em Portugal e até adquiriste a nacionalidade portuguesa. O que é que te faz regressar a Portugal para além do basquetebol?

Sempre adorei a cultura, as pessoas, a língua, a comida, as praias e, por último mas não menos importante… o futebol. Força Portugal!

You have lived some of the best years of your career in Portugal and even acquired the Portuguese nationality. What makes you want to return to Portugal beyond Basketball?

I have always loved the culture, people, language, food, beaches and last, but not least, soccer. Força Portugal!

7) Com imensa experiênia na Europa e pelo Mundo fora, desafiamos-te para enunciares o 5 mais difícil que enfrentaste na tua carreira!

Stephon Marbury, Mark Gasol, Ron Mercer, Derek Anderson, Steve Francis

With lots of experience, in Europe and around the world, we challenge you to tell us which was the most difficult lineup you faced throughout your career!

Stephon Marbury, Mark Gasol, Ron Mercer, Derek Anderson, Steve Francis

Heshimu Evans com as cores do SL Benfica, a sua última equipa.

7 perguntas, 7 respostas rápidas!

7 questions, 7 quick answers!

1) Equipa favorita da NBA? Favorite NBA team?
New York Knicks.

2) Jogador mais complicado de defender? Most difficult player to guard you’ve faced?
Ron Mercer.

3) Treinador mais importante da carreira? Most important coach you’ve ever had?
Rick Pitino.

4) Jogador favorito? Favorite player?
Scottie Pippen.

5) Diz-nos uma coisa sem a qual consegues viver? Tell us one thing without you cannot live?
Basquetebol.

6) Qual é o teu 5 ideal de sempre? What’s your ideal starting lineup? (all-time)
Michael Jordan, Scottie Pippen, Hakeem Olajuwon, Karl Malone e Carlos Lisboa.

7) Quem é o melhor de sempre? Who is the GOAT?
Jesus.

Podem seguir Heshimu Evans no Instagram/ Follow Heshimu Evans on IG: @muworld14

🏀

Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *